Domingo, 22 de Fevereiro de 2009

letting you go (terceira parte)

             Levemente vimos o sol brincando com o horizonte. Subtilmente os vestígios de uma noite mágica saíam astutamente de cena, esperando um novo recomeço. Mas nós íamos ficando, nós e o nosso baloiço.

 

                Eu sabia que, devia de exigir certezas, devia de nos exigir verdade. Não devia de acreditar na magia que muitos podem inventar. Não, não devia duvidar, (ou será que deva?). Mas a minha alma devia de exigir algo que me impedisse de sofrer e chorar, devia de se por a salvo das lágrimas, que não consegue evitar.

Sim eu sabia que era assim que deveria de ser. Que não devia de me enganar nos teus olhos, que fixos nos meus, detinham todo o brilho que no muno poderá existir. No toque quente, seguro e fiel da nossa pele e muito menos no suave saber da vida ao teu lado.

Eu devia de saber dizer “basta”, devia de saber negar este quente aproximar que se ia instalando. Não estava certo, simplesmente, puramente não era justa esta sedução, este encanto pelo qual me deixei levar.

 

 

 

Mas não, não era amargo o sabor do desejo. Era doce, doce como mel, doce como verdade. Doce como o quente das nossas mãos, como o calor do teu olhar. Doce! Sim, foi doce o aproximar, soube a certo, a verdade. Soube-me a real!

Doce, ou talvez divino, qual néctar dos deuses na Terra, sim foi esse o sabor suave e contagiante dos teus lábios, levemente húmidos ao tocarem os meus.           

            Suave, sim foi suave o encontro tão esperado das nossas bocas. Suave e leve como se estivesse destinado a ser assim para sempre. Foi magicamente perfeita a sedução, que fomos revelando, ingratamente boa e desejada. E de olhos fechados simplesmente senti, o sabor quente e ingratamente desejado do momento, que não havia dúvidas, ser nosso!  

 

 

 

 

 

 

 

BOM CARNAVALLLLLL !!!!!!!!

 

Pois é chegou a altura do ano de tirar as fatiotas do armário (mesmo quanto vocês não sabem que máscara é que é aquela!!) dar uns retoques e dançar até não dar para mais!!!!!! Sim porque pelo menos enquanto o carnaval durar, o mundo aprende a enfrentar os problemas com sorrisos na cara, e isso é algo muito mais importante do que ás vezes parece

 

por isso cybernautas, depos do dia mais lamexa do ano está na hora de ir aproveitar o sol, a vida e as mascaras. have fun maltaaaaaaaaaaaa...

(ps. aconselho mesmo a ouvir a musica que me inspirou neste post é linda ,e sim muito lamexas)

guigas...

 

sinto-me: prontississima para o carnaval
música: Jesse McCartney - Because You Live
Sábado, 10 de Janeiro de 2009

sente os meus passos!

 

 

Sente os meus passos, e vai me dando a mão.

Olha para mim, e absorve o bater do coração.

 

Não acordes do sonho, mas não caias no pesadelo.

Deixa o poder do amor te embalar, dá-lhe o poder de te conquistar.

 

Beija apaixonadamente os lábios que te pertencem, e sente a magia no ar.

Amar-te pode até ser o fruto proibido, mas esse sempre foi o mais apetecido.

 

 

 

 

Alô malta!
Pois é, decidi aproveitar a embalagem do último post e fazer mais um dentro do mesmo género. Embora desta vez este seja o prologo de uma história, que vou começar a postar muito em breve (e não, não se têm que preocupar que eu não decidi começar a fazer concorrência á politica e a sua propaganda esta e mesmo verdade)...por isso apareçam mais vezes  ...

 

guigas...

 

sinto-me: acima de tudo afortunada
Segunda-feira, 5 de Janeiro de 2009

coração tentado

Meu coração, tem teu nome decorado,
Minha mente, teu sorriso gravado.


O sabor dos teus olhos, é tudo o que reclamo,
Um sonho sincero, com o calor dum toque que quero
.

 

 

 

Sozinha, sentada num vão de escada, parei por segundos o tempo, só para poder olhar para o céu e ver a forte cor de fogo a invadir a paz e calma do azul.


Parei por segundos para poder ver o que todos os dias não vejo.


Parei para poder sentir os teus olhos invadirem os meus desmedidamente, sem que eu queira ou possa controlar.


Parei para que o mundo não saiba, para que fique sendo o nosso segredo proibido.


Calei o tempo porque não consigo calar o meu coração, porque não quero ver o amanha.

 

Simplesmente calei-o sem qualquer remorso porque nós merecemos mais do que um “talvez”, mais do que um “se”.


E ao calar o tempo o mundo parou, só para dar lugar a um sonho secreto só de ambos, do qual mais ninguém é dono … do qual mais ninguém tem a chave. Qual mundo á paralelo ou jardim mágico, simplesmente nosso! Um sonho mágico vivido entre cada troca de olhares, palavras ou mesmo sorrisos. Um sonho mágico que não era para ser assim, e por isso calei o tempo e não o quero voltar a sentir. Prendi-o e não vou voltar a soltar.


E embora aos olhos do tempo tudo o que existe não passe de proibido, qual maça por Eva colhida, aos olhos do sonho tudo o que existem são dois alguém cruzados num qualquer vão de escada, num qualquer dia do tempo.


Sozinha, sentada num vão de escada sinto, o tempo suspenso, o mundo parado, o destino por traçar. Sinto-me capaz de enfrentar a vida e perdurar eternamente na memória de quem sonhou com tal perfeição censurada.


Sozinha, sentada neste vão de escada, sinto-te aqui, a tua respiração, o nosso leve, trémulo, algo temente toque de dedos e uns fortes trocas de olhares, que se reflectem no vermelho que vai invadindo o céu.


Sozinha, sentada neste vão de escada tenho-te aqui, até ao seguinte tic tac do relógio.
 

 

 

Ora bem...BEM VINDOS A 2009...

Aqui temos mais um pérola da escrita em português (ou não lol)  sem adaptações nem traduções.

O que hoje escrevi é dedicado a uma grande amiga minha, a minha Joana ... miúda este é só para ti, não te vai mostrar o caminho, mas lembra-te do que não deves esquecer... boa sorte eu vou estar sempre aqui .

Quanto ao resto das abéculas, malta...prometo que não vos dou dar descanço, novo ano mas os mesmos hábitos  ESCRITA !

BOM ANO malta!

 

 

sinto-me: inspirada ...
música: Leavin' - Jesse McCartney
Quinta-feira, 18 de Dezembro de 2008

Acima da compreensão...

(antes de começares a ler este post ... experimenta ligar as colunas do teu computador ... depois deixa-te embalar pela leitura)

 

 

 

Quero te ver perto,
quero te ver aqui,
 sentir o que não sinto,
e amar quem não esqueci!
 
Quero voltar atrás,
quero te dar a mão,
olhar nos teus olhos,
e saber que é meu teu coração!
 
Foste o sonho mais bonito que sonhei,
Sem razão aparente meu coração te confiei,
E sem nunca te exigir a perfeição,
Tornaste-te no dono do meu coração!
 
Diz a voz da razão:
Até os sonhos mais bonitos têm fim,
Como pode isto acontecer
Se te tornaste na minha razão de viver?
 
Mais que quimera ou miragem,
Somos imagem sincera da verdade.
Hoje, amanha … eternamente
A nossa realidade será constantemente
 Amo-te, muito acima da compreensão!

 

 

 

 

 

 

alooo ,

 tudo bem?

é muito bom ver-vos por estes lados...

 

pois é decidi abrir este blog com o primeiro poema que me dignei a escrever (por isso vá sejam simpáticos e dêem o desconto ) ...

a verdade é que a onda de mel e amor que anda no ar, até a mim já me contagiou, assim fiquem já a saber que nada do que escrevi se aplica a minha vida...simplesmente saiu...XD

fico a espera de ouvir as vossas opiniões (por isso vá comentem please ) ... e de vos ver por aqui mais vezes!

 

obrigada pela leitura,

guigas...

 

sinto-me: de bem com a vida =D

mE

os segredos mais recentes!!

letting you go (terceira ...

sente os meus passos!

coração tentado

o melhor do vento...

sente os meus passos!

Segredar ao vento ... shi...

segredos arquivados

Fevereiro 2010

Junho 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Fevereiro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28

tags

todas as tags

ando com os olhos...

mimos entregues ao blog

ps.

* a imagem deste template foi obtida do site www.templatesdalua.com, não tendo tido eu qualquer responsabilidade na sua criaçao. * as imagens que ilustram os post são obtidas na internet, nao tendo eu tido qualquer responsabilidade na sua criaçao.
blogs SAPO

subscrever feeds